sábado, abril 24, 2010

ÁLCOOL EM GEL

Consta na Lei nº 6.360, de 23 de setembro de 1976 que trata da vigilância sanitária os seguintes conceitos:

"[...] Produtos de Higiene: Produtos para uso externo, antissépticos ou não, destinados ao asseio ou à desinfecção corporal, compreendendo os sabonetes, xampus, dentifrícios, enxaguatórios bucais, antiperspirantes, desodorantes, produtos para barbear e após o barbear, estípticos e outros [...] Saneantes Domissanitários: Substâncias ou preparações destinadas à higienização, desinfecção ou desinfestação domiciliar, em ambientes coletivos e/ou públicos, em lugares de uso comum e no tratamento da água compreendendo [...] desinfetantes - destinados a destruir, indiscriminada ou seletivamente, microrganismos, quando aplicados em objetos inanimados ou ambientes [...]"


A ameaça global desencadeada pela gripe A(H1N1) a parir do ano de 1999 despertou na população mundial um desejo imediato de prevenção, principalmente porque não havia até aquele momento um tratamento eficaz que pudesse salva guardar toda a população ao mesmo tempo.
Sabendo-se que as higienização das mãos de forma periódica e sistemática ajudaria na prevenção do contágio e que o álcool em gel a 70% p/p teria um alto grau de eficiência neste processo, foi grande a busca pela aquisição do produto. O que reduziu a oferta no mercado com a consequente elevação dos preços.
A possibilidade de pessoas circulando pelos diversos lugares portando um frasco de álcool em gel levantou um outro debate com relação aos riscos de combustão espontânea do produto. Essa é a nossa nova inquietação.
Passado o grande susto e com iminente produção de vacinas para imunizar a população, outras discussões foram levantadas.
Na formulação do álcool em gel são empregadas basicamente quatro substâncias: álcool etílicio (ou álcool isopropílico), trietanolamina, polímero acrílico e água.
Devo lembrar que neste caso as regras vão mudar um pouco. Começaremos com uma pergunta e na medida que esta for respondida, outra será o mais rápido possível formulada. Indicaremos as questões respondidas com cor azul e as questões em aberto com cor vermelha. Veja algumas perguntas e respostas.

1. Porque o álcool líquido entra em combustão com maior facilidade do que o álcool em gel?


Das respostas dadas pelos debatedores podemos abstrair dois conceitos da Química (interação entre as moléculas e pureza) como fatores que no caso do álcool interferem na combustão. Pois bem,


2. A interação entre as moléculas podem ser rompidas com a absorção de energia. Esse processo é endotérmico ou exotérmico? Como esses estes conceitos podem ser descritos com relação às reações de combustão?


3. O que pode ser esperado do rendimento das reações químicas de combustão nas quais os combustíveis são impuros ou adulterados?

Parabéns pelas respostas. Agora mudaremos a discussão para um outro ponto.

4. Além do álcool 70 ºINPM (gel ou líquido) outras substâncias bem conhecidas atuam como agentes de desinfecção. Quais substâncias são essas? Em que se diferenciam do álcool 70º INPM quanto a forma de atuação?

Resposta apresentada com sucesso! Destaco no entanto, a necessidade de apresentação da fonte de consulta para a resposta. Grato!

A resposta apresentada para a questão de nº 4 nos despertou a formulação de uma outra questão, visto que a debatedora citou o processo de pasteurização como forma de desinfecção. Este termo deriva-se de Louis PASTEUR(1822-1895), brilhante microbiologista francês que prestou inúmeros serviços à saúde pública.

5. Em que consistiu o trabalho de Pasteur?
6. Como se justifica a elevação de temperatura como processo de desinfecção?
6. Ao tomar banho nós realmente eliminamos todos os microorganismos que passeiam pelo nosso corpo?
7. Em quais materiais de uso doméstico podem ser encontradas pelo menos uma das substâncias apresentadas na resposta de nº4?

Parabéns queridos participantes! As discussões avançaram um pouco mais. Conforme vocês já sabem, são muitas as doenças que estão associadas à microorganismos mas, curiosamente, nem todos trabalham em nosso desfavor. Muitas espécies de bactérias e fungos, na verdade, estão entre os miroorganismos que facilitam a nossa vida, tanto no aspecto da geração de energia, quanto no aspecto da produção de nutrientes, medicamentos, i.e.

O nosso constante desafio não se trata da eliminação de todos os microorganismos presentes no nosso corpo. Na verdade a nossa luta constante, é a manutenção de níveis que o próprio consiga controlar. No caso da pele (maior órgão do corpo humano), tanto fungos quanto bactérias encontram fartos suprimentos de nutrientes em sua superfície (excretados do próprio corpo). Ocorre que algumas das partes da nossa pele geralmente são pouco ventiladas (oxigenadas). Neste caso os microorganismos anaeróbios se multiplicam e produzem substâncias cujos odores somos conhecedores. E por falar em odor! O álcool etílico e muitas outras substâncias possuem odores característicos. O odor pode comunicar boas ou más lembranças; pode alertar para o perigo, i.e. Quem nunca salivou ao sentir o cheiro de uma torta de chocolate ou setiu vontade de vomitar ao sentir cheiro de vômito?

As perguntas são:

8. Por que os odores exercem tanta influência na vida dos seres vivos?
9. Como funciona o nosso olfato?
10. Por que o odor do álcool não agrada a todas as pessoas?

Parabéns! As respostas foram dadas com sucesso. As perguntas seguintes referem-se aos processos de oxidação do etanol. A figura ao lado representa o etanol, etanal e, ácido etanóico. Os carbonos em destaque possuem números de oxidação, respectivamente, (1-), (1+) e (3+).

11. Pesquise sobre as propriedades dessas substâncias, bem como sobre a oxidação do etanol (siga o link) e em seguida apresente o seu comentário.
12. Em que essas substâncias se assemelham? Em que se diferenciam?




Conforme podemos perceber o etanol é uma substância de altíssima versatilidade e não dá para falar nele sem citar os seus efeitos no organismo humano.

13. Analise as informações constantes no seguinte link e em seguida formule o seu comentário.

Durante o procedimento de preparação do álcool em gel, foi adicionada certa quantidade de trietanolamina (que é uma base segundo o conceito de Lewis) a fim de elevar o pH do material.
14. Após pesquisar sobre a influência do pH nas propriedades das substâncias, comente sobre as caracteríesticas do material antes e após a adição da trietanolamina.
As propriendades macroscópicas do álcool em gel se comparadas com as propriedades macroscópicas do álcool líquido considerando o mesmo teor alcoólico induzem a pensar que as interações entre as partículas são diferentes.
15. Com relação a pressão de vapor, como o álcool líquido se diferencia do álcool em gel. Quais os fatores contribuem para essa diferenciação?

16. Defina o etanol quanto a aplicabilidade na sociedade atual.


67 comentários:

  1. O álcool é encontrado no estado líquido, cuja armazenagem e comercialização é feita com facilidade. Num motor de combustão interna, é o vapor de combustível que sofre combustão, por isso, um combustível é bom quanto maior for sua facilidade em passar para o estado gasoso.

    dióxido de carbono e vapor de água

    O álcool etílico ou etanol é uma substância formada pelos elementos carbono, hidrogênio e oxigênio ( C2H6O)

    Quando o álcool etílico e o octano reagem com gás oxigênio em condições ideais, os únicos produtos que se originam são dióxido de carbono e vapor de água

    A que se deve essa inflamabilidade?

    creio eu q É a forma mais simples de se extinguir um incêndio.

    Nome:Adriano Antonio Rodrigues da silva
    Serie/turma:2ºH
    nº 01

    Fuiz Abraço,em breve termino o experimento de quimica.

    ResponderExcluir
  2. Patricia de Souza27 de abril de 2010 09:05

    Por que, em contato com fogo, a versão gosmenta produz uma chama mais fraca, já que a composição leva 70% de álcool puro diluído em aditivos que lhe conferem a consistência de gel. Por sua vez, “o álcool líquido tem 95% de pureza e, por isso, pega fogo rápido e evapora muito depressa, tornando o produto menos eficiente para limpeza do que o gel. Patricia de Souza Ferreira Serie/turma 3ano F numero 37

    ResponderExcluir
  3. Por que em seu estado líquido sua resistentencia há combustão é menor pelo fato de seus atomos estarem mais dispersos um dos outros, e em se estado gel a resestencia é maior, por que os atomos estão mais compactos do que no estado líquido.
    E quanto menor a resistencia menos energia gastará para promover a combustão.
    No estado gel ele também possui mais materia sólida, e este solido não é tfão inflamavel quanto os outros elementos.


    Nome: Alex Junior Lopes
    Série/Turma:3°F

    CEMSCGT

    ResponderExcluir
  4. e também o Àlcool liquido tem teor de puresa em 95%,os 5% são água e uma substância mal cheirosa para que o material não seja ingerido....quanto menos inflamável maior é a eficiência como bactericida...oo/

    Breno Mesquita/2º A

    ResponderExcluir
  5. Muito bem meus queridos debatedores! A resposta está dada.

    O álcool em gel possui menor teor alcoólico 70%. A passagem para o estado gasoso demandará maior quantidade de calor [...] discussão em aberto.
    Considera-se também que o álccol líquido possui maior pressão de vapor do que o álcool em gel. Ao evaporar-se com maior facilidade também se misturará ao comburente (Oxigênio gasoso) com mais facilidade. Daí para a ignição é só uma fagulha. O produto da combustão completa do álcool etílico com o oxigênio será, portanto, gás carbônico e água. Neste processo ocorre a liberação de energia [...].

    ResponderExcluir
  6. O processo de rompimento entre moléculas com absorção de energia é um processo endotérmico já que houve consumo de energia. As reações de combustão são exemplos de reações em que há liberação de energia, sendo portanto, reações exotérmicas.

    ResponderExcluir
  7. 2) Neste primeiro processo como houve a absorção de energia na forma de calor, dizemos que ocorreu uma reação endotérmica. Já nas reações de combustão, há a realização de um processo exotérmico, ou seja, ocorreu a liberação de calor para o ambiente. Esse tipo de reação é muito comum, já que a maioria da energia que consumimos é derivada da queima de materiais.

    Exemplo: gás de cozinha, gasolina, óleos, entre outros; todos eles obtidos a partir da destilação de petróleo, por isso recebem a classificação de hidrocarbonetos. Esses compostos são formados somente por carbono e hidrogênio, e para que uma combustão ocorra é necessário um comburente: o gás Oxigênio.

    Jorge Soares C. Lima Júnior_Nº19 (3º B)

    ResponderExcluir
  8. 3)

    Gasolina adulterada é aquela que não está dentro das especificações legais, ou seja, que possui mais álcool ou mais solventes do que a lei permite. Apesar de a lei fixar em 2% o limite máximo de solvente a ser misturado na gasolina e em 24% o do álcool, muitos postos não estão respeitando estes valores. Isso ocorre porque ao adulterar a gasolina aumentando a mistura de solventes, que são produtos químicos mais baratos, o dono do posto melhora a rentabilidade do negócio em até 10%.

    O lucro fácil para o dono do posto representa, porém, possível prejuízo para o consumidor. Além de o veículo perder desempenho e, consequentemente, consumir mais combustível, o consumidor pode ser obrigado a gastar ainda mais com uma oficina, já que a gasolina adulterada representa um risco para o bom funcionamento do carro. O uso frequente de combustível adulterado pode causar vários defeitos, dentre eles:

    • O entupimento da bomba de gasolina que fica no tanque e leva o combustível até o motor. Com isso, o carro começa a falhar e o motor "morre" sendo preciso dar a partida várias vezes para o carro voltar a funcionar. Nesse caso, o conserto fica em torno de R$ 300,00.
    • A corrosão do sistema de injeção eletrônica, que é um conjunto de peças que injetam a quantidade exata de gasolina nos cilindros para o motor funcionar, evitando desperdícios. Se este sistema parar de funcionar, o carro pára também. Um conserto no sistema de injeção eletrônica custa, em média, R$ 1.500,00 nos veículos populares.
    • Acúmulo de resíduos na parte interna do motor, causado pela queima de gasolina adulterada. Esses resíduos ocupam o espaço de movimentação das peças móveis do motor, dificultando a articulação dessas peças. Os resíduos podem atingir também a bomba de óleo. Os defeitos no motor demoram mais a aparecer, cerca de 5.000 km depois dos primeiros abastecimentos com gasolina adulterada. Se o motor fundir, o conserto não fica por menos de R$ 1.200,00, variando de acordo com o veículo.

    Fonte: http://www.consumidorbrasil.com.br/consumidorbrasil/textos/dicasconsumo/combustiveisadulterados.htm


    Conclusão: Estamos à mercê da empreitada de postos de combustíveis, fazemos uso desses compostos sem ao certo saber sua real origem e composição. Há, sem sombra de dúvidas, a necessidade de fiscalizações mais acirradas por partes dos órgãos competentes para inibir as investidas destes descumpridores da lei, que visão apenas o lucro próprio, em contradição às necessidades dos cidadãos.

    Jorge Soares C. Lima Júnior (3º B)

    ResponderExcluir
  9. Agentes de desinfecção
    Desinfecção de baixo nível: são destruídas as bactérias em forma vegetativa, alguns vírus e alguns fungos. O Mycobacterium tuberculosis, os esporos bacterianos ,o vírus da Hepatite B (HBV) e os vírus lentos sobrevivem.
    Exemplos: Álcool etílico e isopropílico
    Hipoclorito de Sódio (100ppm)
    Fenólicos
    Iodóforos*
    Quaternário de amônia
    Desinfecção de médio nível: além dos microorganismos destruídos na desinfecção de baixo nível são atingidos o Mycobacterium tuberculosis, a maioria dos vírus (inclusive o HBV)e a maioria dos fungos. Ainda sobrevivem os Mycobacterium intracelulare, os esporos bacterianos e os vírus lentos.
    Exemplos: Álcool etílico e isopropílico (70 a 90%)
    Fenólicos
    Iodóforos*
    Hipoclorito de Sódio (100ppm)
    Pasteurização 75o C a 30 minutos.
    Desinfecção de alto nível: resistem apenas alguns tipos de esporos bacterianos mais resistentes e os vírus lentos.
    - Glutaraldeído
    - Solução de Peróxido de Hidrogênio
    - Hipoclorito de sódio (1000 ppm)
    - Cloro e compostos clorados
    - Ácido peracético.
    -Orthophtalaldeído.
    - Água super oxidada
    - Pasteurização 75o C a 30 minutos.
    Conclusão :O processo de desinfecção pode ser apresentada por diversos fatores;a desinfecção e capaz de eliminar muitos ou todos os microorganismos patogênicos ,com exceção dos esporos,as substancias consideradas desinfecctantes ,podem ser classificadas de alto,médio e baixo nível dependendo do tempo de sua exposição .

    A diferença da atuação do álcool para outras substancias desinfectantes e que o o álcool e um desinfectante de baixo ou de médio nível ,ou seja consegue destruir, bactérias em forma vegetativa, alguns vírus e alguns fungos,diferente de um substancia de alto nível ,que pode destuir alguns esporos bacterianos mais resistentes e os virus lentos exemlos, o ácido peracético,cloro e compostos clorados,água super oxidada.

    Gabrielle Cristina nº:11 3 ‘’B’’

    ResponderExcluir
  10. 1)O álcool liquido entra em combustão com maior facilidade do que o álcool em gel por que no estado liquido ele e altamente explosivo ,devido as suas características de alta volatilidade , tornando –se altamente inflamável ,diferente do álcool em gel que por causa da sua características de sua composição inibe sua explosividade.
    Gabrielle Cristina nº 11 3ºB

    ResponderExcluir
  11. 2)Sim ,as moléculas podem ser rompidas com a absorção de energia ,neste caso ocorrera uma reação endotérmica ,absorção de calor .Já na combustão ocorrera a liberação de calor para o ambiente , sendo um processo exotérmico .
    Gabrielle Cristina nº11 3ºB

    ResponderExcluir
  12. 3)A ocorrência de uma reação química é indicada pelo aparecimento de novas substâncias (produtos), diferentes das originais (reagentes). Quando as substâncias reagem, às vezes ocorrem fatos bastante visíveis que confirmam a ocorrência da reação e dentre eles, podemos destacar: desprendimento de gás e luz, mudança de coloração e cheiro, formação de precipitados, etc.

    Um exemplo de reação química muito comum em nosso cotidiano é a reação de combustão, para que ela ocorra é necessária a presença de três fatores: um combustível, um comburente e energia de ativação. Essa reação consiste na queima de um combustível que pode ser a gasolina, álcool, etc., através da energia de ativação (calor de uma chama, faísca elétrica), na presença de um comburente que, em geral, é o oxigênio do ar (O2).

    Gabrielle Cristina nº11 3ºB

    ResponderExcluir
  13. Resposta à questão n°5:

    Louis Pasteur

    • Ao pesquisar as alterações do vinho e da cerveja, descobriu que o vinho se transforma em vinagre sob a ação do fermento Mycoderma aceti.

    • Para evitar a degeneração, criou o processo chamado pasteurização, que consiste em aquecer o líquido a 55o C, temperatura letal para a maioria dos microrganismos encontrados mas na qual se mantêm as propriedades da bebida.

    • O processo de pasteurização passou a ser usado na conservação de cerveja, leite e outras substâncias (com temperaturas variáveis segundo sua natureza), e tornou-se de importância fundamental para a indústria de alimentos e bebidas fermentadas.

    • Pasteur produziu vacinas essenciais para proteger o homem de agentes patogênicos. Sua contribuição foi essencial na evolução da medicina preventiva, dos métodos cirúrgicos (com a prevenção das infecções), das técnicas de obstetrícia e dos hábitos de higiene.

    Fonte de pesquisa : http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/louis-pasteur/louis-pasteur-1.php
    ________________________________________________________________________________________________

    Maria Paulina L. Araújo nº: 26 3º "C"

    ResponderExcluir
  14. É lembrado por suas notáveis descobertas das causas e prevenções de doenças. Suas descobertas reduziram a mortalidade de febre puerperal, e ele criou a primeira vacina para a raiva. Seus experimentos deram fundamento para a teoria microbiológica da doença. Foi mais conhecido do público em geral por inventar um método para impedir que leite e vinho causem doenças, um processo que veio a ser chamado pasteurização.[2] Ele é considerado um dos três principais fundadores do microbiologia, juntamente com Ferdinand Cohn e Robert Koch. Pasteur também fez muitas descobertas no campo da química, principalmente a base molecular para o assimetria de certos cristais.[3] Seu corpo está enterrado abaixo do Instituto Pasteur em Paris, em um mausoléu decorado por mosaicos em estilo bizantino que lembram suas realizações.

    nome: Jéssica Rodrigues de C.
    nº:22
    série/turma:2ºA

    ResponderExcluir
  15. É lembrado por suas notáveis descobertas das causas e prevenções de doenças. Suas descobertas reduziram a mortalidade de febre puerperal, e ele criou a primeira vacina para a raiva. Seus experimentos deram fundamento para a teoria microbiológica da doença. Foi mais conhecido do público em geral por inventar um método para impedir que leite e vinho causem doenças, um processo que veio a ser chamado pasteurização.[2] Ele é considerado um dos três principais fundadores do microbiologia, juntamente com Ferdinand Cohn e Robert Koch. Pasteur também fez muitas descobertas no campo da química, principalmente a base molecular para o assimetria de certos cristais.[3] Seu corpo está enterrado abaixo do Instituto Pasteur em Paris, em um mausoléu decorado por mosaicos em estilo bizantino que lembram suas realizações.
    NOME: JÉSSICA RODRIGUES DE C
    Nº22
    SERIE/TURMA:2ºA

    ResponderExcluir
  16. (5)
    Pasteur ou pasteurização é um processo usado em alimentos para destruir Microrganismos patogênicos ali existentes.
    Existem varios processos de pasteurização:
    -pasteurização lenta,em que se aplicam temperaturas mais baixas durante maior tempo,usam temperaturas 65¨C.
    -pasteurização rapida,quando se aplicam temperaturas mais altas,de 75¨C.
    -pasteurização muito rapida,temperatura vai de 130¨C a 150¨C.
    Fonte de origem:Wikipedia.org

    Patricia Êmile 2G

    ResponderExcluir
  17. (6)
    No banho consiguimos eliminar os microorganismos causadores de mau cheiro,pois o banho diario é a maneira mais simples de eliminar as bacterias mortas presentes em partes de nosso corpo.
    Mais deve-se tomar cuidado com as esponjas pois apesar de parecerem limpas,uma esponja pode conter até 2000 bacterias,fungos e mofo.
    Então podemos concluir que no banho nos tentamos eliminar as bacterias mais devido o processo usado para a higienização acaba contaminando o que esta sendo limpo!!!!Bjinhos

    Patricia Êmile 2G

    ResponderExcluir
  18. Passo a passo à preparação do álcool em gel

    Os ingredientes aqui mencionados podem ser encontrados em qualquer drogaria, farmácia, casas de essências e de produtos químicos.

    Formulação:

    • Álcool 92,8 – massa 777g
    • Água potável (destilada) – massa 253g
    • Polímero acrílico (Carbopol) – Aproximadamente 5g
    • Trietanolamina – Aproximadamente 10 gotas

    Método:

    Após a realização dos cálculos de diluição envolvidos na obtenção dos respectivos valores de massa do álcool e da água, podemos, então, iniciar o método produtivo do álcool em gel.

    Dilua inicialmente o álcool na água destilada, em seguida, subtraia um pouco da substância formada e acrescente, com a ajuda de uma colher, o carbopol em pequenas quantidades, de preferência peneirada para desfazer os grumos. Reserve para que ocorra a total homogeneização. Ao término, perceba a obtenção de um líquido viscoso e com consistência de gel. Para terminar, acrescente as 10 gotas de trietanolamina (substância que tem como função o balanceamento do pH).

    Como sugestão, aromatize o seu gel com essências para cosméticos; para dar cor, acrescente algumas gotas de colorante alimentício; e para deixar as mãos mais macias, utilize um pouco de glicerina.

    ResponderExcluir
  19. o alcool em gel e recomendado para a desinfectaçao das maos.porque o virus da gripe suina passava atraves de contato.por isso foi criado o alcool e gel que quando entra em açao com a mao mata o virus.

    Lorhany B. Macedo Dias 27
    sala: "3D"

    ResponderExcluir
  20. Resposta na pergunta 01

    A diferença em relação ao álcool líquido, é que, em contato com fogo, a versão gosmenta produz uma chama mais fraca, já que a composição leva 70% de álcool puro diluído em aditivos que lhe conferem a consistência de gel. Por sua vez, “o álcool líquido tem 95% de pureza e, por isso, pega fogo rápido e evapora muito depressa, tornando o produto menos eficiente para limpeza do que o gel”

    Cintia 3° A

    ResponderExcluir
  21. PORQUE O ALCOLL NORMAL TEM 95% DEPUREZA PEGA FOGO MAIS RAPIDO E EVAPORA TAMBEM

    ResponderExcluir
  22. Sobre questão nº7 ...
    *Os fenóis encontram diversas aplicações práticas, tais como:

    Desinfetantes (fenóis e cresóis)
    Preparação de resinas e polímeros, como a baquelite.
    Preparação do ácido pícrico, usado na preparação de explosivos
    Síntese da aspirina e de outros medicamentos
    Utilizado como catalizador

    *Iodofor diluído é frequentemente usado por fabricantes domésticos de vinho e bebidas fermentadas diversas para a sanitização de
    equipamento e garrafas. Sua maior vantagem sobre outros satinizantes é que quando usado em proporções adequadas sublima-se diretamente da solução a gás, e então não deixa resíduos. Ele não é tóxico para humanos e em consequência especialmente preferido para aplicações em processamento de alimentos. É barato e eficiente, mas pode deixar desagradáveis manchas laranja-acastanhadas em partes plásticas e equipamentos por seu contado.

    *Os sais quaternários de amônio, sais de amônio quaternário ou compostos quaternários de amônio são sais de cátions quaternários de amônio com um ânion. São usados como desinfetantes, surfactantes, amaciantes de tecido, agentes antiestáticos (ex.: em xampus e condicionadores de cabelos) e catalisadores de transferência de fase. Nos amaciantes de roupa líquidos, são geralmente usados os sais de cloreto (exemplos: cloreto de cetil dimetil amônio) ou os de sulfato de metila.

    *O alvejante para uso doméstico que é vendido no mercado é uma solução de 2,0 à 2,5% de Hipoclorito de sódio no momento da fabricação. A concentração varia de uma formulação a outra e diminui gradualmente com o tempo de prateleira.
    Soluções entre 10 à 12% de hipoclorito de sódio são bastante usadas em cisternas e em abastecimento de água para clorar a água. Existem produtos para a cloração de piscinas que contêm aproximadamente 30% de hipoclorito de sódio. O sal cristalino também é vendido para o mesmo uso; tal sal contém menos que 50% de hipoclorito de sódio. Porém, o nível de "cloro ativo" pode ser bem mais alto.

    Nº:42/3ºA

    ResponderExcluir
  23. LOUIS PASTEUR (1822-1895)

    Químico e pesquisador francês, considerado "o pai da bacteriologia".

    Demonstrou a função dos microorganismos no processo de fermentação.
    Criou a "pasteurização", inicialmente com o objetivo de evitar a decomposição do vinho e da cerveja.

    Comprovou que a teoria da geração espontânea estava incorreta e difundiu o conceito das doenças causadas por microorganismos (teoria microbiana).

    Desenvolveu método de fabricação de vacinas através de germes mortos ou inativados (método diferente do utilizado pelo pioneiro Jenner).

    Inventou a vacina anti-rábica, o que resultou na criação do Instituto Pasteur, em Paris, em 1888, responsável pela fabricação em grande escala da vacina contra raiva.

    Nota-se que o trabalho desse grade bioquímico foi de extrema importancia para a sociedade, e seu conhecimente coencide com as nossas necessidades, ora pois, ele Desenvolveu método de fabricação de vacinas através de germes mortos ou inativados, método diferente do utilizado pelo pioneiro Jenner.

    fontes de pesquisa:
    * http://medbiography.blogspot.com/2007/12/louis-pasteur.html

    * http://www.worldlingo.com/ma/enwiki/pt/Louis_Pasteur

    * http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/louis-pasteur/louis-pasteur-3.php

    Jean Paulo 3°C n°:19

    ResponderExcluir
  24. sobre o ÁLCOOL:

    * Ação: ruptura da membrana celular e rápida desnaturação das proteínas com subsequente interferência no metabolismo e divisão celular.
    * Espectro de ação: rápido e amplo espectro de ação contra bactérias vegetativas, vírus e fungos, mas não é esporicida.
    * Apresentação mais freqüente: álcool etílico e álcool isopropílico.
    * Concentração: entre 60 e 90%, sendo que abaixo de 50% sua atividade diminui bastante.
    * Compatibilidade com materiais: mais indicado para superfícies externas dos materiais e superfícies de vidro. Embora utilizado como secante em instrumentos óticos, pode danificar o cimento das lentes. Resseca plásticos e borrachas quando utilizado repetidas vezes ao longo do tempo. Opacifica material acrílico.
    * Características da ação: como evapora rapidamente sua ação é limitada, havendo necessidade de submersão de objetos para uma ação mais ampla.

    podemos ver que se não ultilizade de maneira correta pode-se ter efeitos colaterais.

    Jean Paulo 3°C N°:19

    ResponderExcluir
  25. 5) os átomos ou íons de um composto se mantém unidos por ligações químicas, e essas ligações devem ser quebradas quando os reagentes passam por uma transformação química, e formadas quando da formação dos produtos da reação. Em geral, podemos dizer que para quebrarmos uma ligação química nós precisamos fornecer energia para o sistema, enquanto que energia é liberada do sistema quando ligações químicas são formadas. Se uma determinada reação requer ou não energia para acontecer, vai ser o resultado do balanço entre a energia total requerida para quebrar umas ligações e a energia total liberada pela formação de outras.


    o calor está associado a uma variação de energia, e nós podemos generalizar, sem medo de errar, que toda a reação química é acompanhada por uma variação de energia.

    Jean Paulo 3°C N°:19

    ResponderExcluir
  26. 6) segunda questão 6
    precisamos conhecer como agem as moléculas que compõem o sabonete. Essas partículas se comportam de um jeito bem esquisitão: uma parte da molécula gosta de água e adere rapidinho ao líquido, grudando sem soltar mais. A outra metade, ao contrário, foge do H2O. Ela é atraída por substâncias oleosas - como as moléculas de gordura e poeira que aderem à pele - e acaba se juntando à sujeira que queremos tirar do nosso corpo. Como as moléculas do sabão não se separam, elas acabam funcionando como "ganchos" para a sujeira: a parte que gosta de água flui junto com o líquido, enquanto a outra metade fisga as moléculas de gordura e poeira que aparecem pelo caminho. Para completar o serviço, basta abrir a torneira e lançar um leve jato de água sobre a pele para mandar para o ralo toda a nojeira junto com a espuma do sabonete. No entanto, não ficamos 100% limpos.

    Jean Paulo 3°C N°:19

    ResponderExcluir
  27. 7)
    Cerca de 40% dos desinfectantes à venda no mercado destinados à limpeza doméstica são consideradas ineficazes na eliminação do norovírus, um grupo de vírus responsável por mais da metade de todos os surtos de gastroenterites de origem alimentar, refere um estudo publicado no “Journal of Food Protection”.

    De acordo com o estudo realizado por investigadores da Universidade Laval, no Quebec, Canadá, apenas os desinfectantes à base hipocloreto de sódio (lixívia) conseguem reduzir drasticamente as concentrações destes vírus.

    Os testes laboratoriais mostraram que, cinco minutos após o contacto com um desinfectante à base de lixívia, a concentração de norovírus numa superfície de aço inoxidável apresentou uma redução espantosa.

    leia mais sobre este artigo clique aqui

    http://portal.alert-online.com/noticias_de_saude/?key=680B3D50093A6A202E42140A321A2A5C0B683E0A760751766F567C

    Posso concluir que, existem sim produtos com tais substancias apresentadas, mas nem todos de fato são eficazes.

    Jean Paulo 3°C N°:19

    ResponderExcluir
  28. (05) Consistiu sobre a fermentação voltou-se paraa formação do vinagre e as alterações degenerativas dos vihos e das cervejas, demostrando que tais processos, assim como as fermentações, eram causados pela intervenção de determinados microrganismos. Para evitar as doenças relaciondas aos vinhos, elaborou o processo que ficaria conhecido como pasteurização, consistia em aquecê-los até a temperatura de 55 graus,letal para os microorganismos, mas que não interferia nas propiedades da bebida. Tal processo seria estendido á conservação da cerveja, do leitee de outras substÂncias de grande importãncia para a indústria de alimentos e bebidas fermentadas! JEFERSON 2"C" número 20

    ResponderExcluir
  29. (05) A fermentação voltou-se para a formação do vinagre e as aleraçoes digenerativas dos vinhos e das cerverjas, demostrando que tais processos, assim como a fermentações, eram caudados pela intervenção de determinados microorganismos. Para evitar as doenças relacionadas aos vinhos, elaborou o processo que ficaria conhecido como pasteurização, consistia em aquecê-los até a temperatura de 55 graus , letal para os microorganismos, mas que não interferia nas propiedades da bebida. Tal processo conhecido seria estendido á conservação, da cerveja, do leite e de outras substâncias, tornando-se de grande imporância para a indústria de alimentos e bebidas fermentadas!!! JEFERSON 2"C" NÚMERO 20

    ResponderExcluir
  30. Ana PAula 3º 'A'
    Questão 5:

    Em 1847, o jovem químico com apenas com 26 anos de idade realizou seu primeiro trabalho que já revolucionou o que hoje conhecemos por estereoquímica, ao estabelecer relações entre a cristalografia, a química e a óptica falando sobre assimetria molecular.

    Pasteur já se destacava por seus trabalhos quando foi incumbido de examinar o porquê da contaminação do álcool durante o processo de fermentação. Foi assim que demonstrou que cada tipo de fermentação está relacionado com a existência de um microorganismo ou fermento específico, um ser vivo que poderia ser estudado por meio do cultivo em um meio de cultura apropriado.

    “A fermentação é uma conseqüência da vida sem oxigênio” foi uma afirmação de Pasteur, durante seus trabalhos em que descobriu que seres vivos podem viver por processos anaeróbicos, onde não necessitam de oxigênio para sobreviver, e por este caminho, estudando os germes, descobriu a causa de muitas infecções. Assim foi possível desenvolver técnicas que eliminariam micróbios sendo possível controlar as contaminações. O próprio Pasteur se engajou em uma campanha para que os médicos dos hospitais militares fervessem seus instrumentos e bandagens que seriam utilizados em procedimentos cirúrgicos.

    ResponderExcluir
  31. Questão 5:
    Louis Pasteur nasceu em 27 de dezembro de 1822 em Dole na região de Jura na França. Suas descobertas tiveram um impacto muito grande na medicina, seus trabalhos tornaram-se o início do que chamamos de microbiologia. Sua Teoria Germinal das doenças infecciosas diz que a maioria das doenças infecciosas são causadas por germes, sendo uma das mais importantes na história da medicina. Segundo Pasteur, era necessário estudar e identificar cada micróbio responsável por cada doença infecciosa, pois somente assim seria possível desenvolver métodos e técnicas para combater este agente infeccioso.

    Em 1847, o jovem químico com apenas com 26 anos de idade realizou seu primeiro trabalho que já revolucionou o que hoje conhecemos por estereoquímica, ao estabelecer relações entre a cristalografia, a química e a óptica falando sobre assimetria molecular.

    Pasteur já se destacava por seus trabalhos quando foi incumbido de examinar o porquê da contaminação do álcool durante o processo de fermentação. Foi assim que demonstrou que cada tipo de fermentação está relacionado com a existência de um microorganismo ou fermento específico, um ser vivo que poderia ser estudado por meio do cultivo em um meio de cultura apropriado.

    “A fermentação é uma conseqüência da vida sem oxigênio” foi uma afirmação de Pasteur, durante seus trabalhos em que descobriu que seres vivos podem viver por processos anaeróbicos, onde não necessitam de oxigênio para sobreviver, e por este caminho, estudando os germes, descobriu a causa de muitas infecções. Assim foi possível desenvolver técnicas que eliminariam micróbios sendo possível controlar as contaminações. O próprio Pasteur se engajou em uma campanha para que os médicos dos hospitais militares fervessem seus instrumentos e bandagens que seriam utilizados em procedimentos cirúrgicos.

    Ana Paula 3 A numero: 02

    ResponderExcluir
  32. 8:porque por meio deles podemos definir as coisas.
    9:funciona para sentirmos os odores ou cheiros das coisas.
    10:porque em sua composição quimica tem elementos que causam esse odor desagradavel para alguns.

    bruna da silva gomes 3B N:04

    ResponderExcluir
  33. 1) O álcool líquido entra em combustão com mais facilidade, pelo simples fato de que, o hidrogênio junto ao oxigênio são os atuadores no processo de combustão, então, o álcool líquido tem uma melhor evaporação do que o álcool em gel,onde uma substância líquida é uma melhor agente na evaporação do que uma substância densa, com isso o hidrogênio presente nele se avaporar mais rapido, que junto com oxigenio no ar, causa a combustão com melhor facilidade, ou seja, quanto mais rápida a evaporação,mais rápida ocorrerá a combustão com mais facilidade.

    2) No processo onde há a absorção de energia,se dá por processo endotérmico, pois houve absorção de energia do ambiente para a matéria, ja na combustão, o processo se dá por exotérmico, pois há uma liberação de calor da matéria para o ambiente.

    3) Gasolina adulterada é aquela que não está dentro das especificações legais, ou seja, que possui mais álcool ou mais solventes do que a lei permite. No que se espera com isso, é que, haverá uma piora na rendimento do motor do veículo, causando até mesmo problemas mecânicos, como por exemplo: o entupimento da bomba de gasolina que fica no tanque e leva o combustível até o motor,a corrosão do sistema de injeção eletrônica,acúmulo de resíduos na parte interna do motor.

    MARCOS PHILIPE 3ºA Matutino, Nº : 26

    ResponderExcluir
  34. A capacidade para experimentar e expressar emoções se desenvolveu a partir da habilidade de processar os odores.Nossas emoções básicas respondem imediatamente aos odores transmitidos em uma mensagem simples e binária: ou se gosta ou não se gosta; fazem-nos aproximar ou evitar.
    Nosso olfato também mantém uma relação bastante influenciadora com memórias que incluem lembranças e que exercem a função de tornar estas mais intensas e emocionalmente mais fortes.
    O sistema olfativo funciona da seguinte maneira:a mucosa amarela que reveste a camada superior das fossas nasais é rica em limitações nervosas que ao entrarem em contato com as moléculas dissolve-as pelo muco e penetram pelo órgão olfativo alcançando os prolongamentos sensoriais enviando impulsos nervosos nas células olfativas atingindo os axônios.

    Maria Eduarda 3°A

    ResponderExcluir
  35. O Olfato...
    A percepção dos cheiros tem importante papel na evolução das espécies: é através dos odores que muitos animais captam a presença da fêmea, de inimigos ou das presas, sendo bastante desenvolvidos nos carnívoros a sua percepção - sendo, por isto, ditos osmáticos.Algumas espécies como as mariposas, possuem em suas antenas órgãos perceptores dos aromas, em especial dos feromônios das fêmeas.

    Pelo odor as flores atraem insetos a fim de possibilitar sua fecundação, bem como percepção similar possuem certos peixes para captar a presença de sangue na água, como os tubarões.

    A percepção é um processo que influi na trajectória de crescimento e reorganização do cérebro com vista a este se ir adaptando melhor ao ambiente e conseguir agir com mais eficiência inserido nele. E a parte mais antiga do cérebro, o rinencéfalo (cujo nome é composto por duas palavras significando «cheiro» e «cérebro»), que compreende as áreas olfativas e límbicas, parece ter-se desenvolvido inicialmente a partir de estruturas olfativas. O que indica que provavelmente a capacidade para experimentar e expressar emoções se terá desenvolvido a partir da habilidade para processar os odores. Só mais tarde na evolução darwiniana se parecem ter desenvolvido outras estruturas límbicas como o complexo amígdala-hipocampo.

    Como no caso das emoções básicas, a resposta imediata aos odores transmite uma mensagem simples e binária: ou se gosta ou não se gosta; fazem-nos aproximar ou evitar. E verifica-se que, quando uma pessoa sofre um trauma que a faz perder o olfato, o impacto se torna por vezes devastador: as experiências de comer ou fazer amor ou mesmo passear numa manhã primaveril ficam extremamente diminuídas. E há casos em que se verifica que há uma diminuição de intensidade mesmo em todas as experiências emocionais.

    As memórias que incluem lembrança de odores têm tendência para ser mais intensas e emocionalmente mais fortes. Um odor que tenha sido encontrado só uma vez na vida pode ficar associado a uma única experiência e então a sua memória pode ser evocada automaticamente quando voltamos a reencontrar esse odor. E a primeira associação feita com um odor parece interferir com a formação de associações subsequentes (existe uma interferência proactiva). É o caso da aversão a um tipo de comida. A aversão pode ter sido causada por um mal estar que ocorreu num determinado momento apenas por coincidência, nada tendo a ver com o odor em si; e, no entanto, será muito difícil que ela não volte sempre a aparecer no futuro associada a esse odor.

    Nº42/3ºA

    ResponderExcluir
  36. O olfato, assim como o paladar, é um sentido químico detectado por células sensoriais chamadas de quimioreceptores. Quando uma substância odorante estimula os quimioreceptores no nariz que detectam odores, eles transmitem impulsos elétricos para o cérebro. O cérebro então interpreta os padrões de atividade elétrica como odores específicos e a sensação olfativa torna-se percepção - algo que podemos reconhecer como um odor. O único sistema químico que consegue rapidamente identificar, interpretar e memorizar novas moléculas é o sistema imunológico.

    Hudson,3° B, Numero:13

    ResponderExcluir
  37. A percepção dos cheiros tem importante papel na evolução das espécies: é através dos odores que muitos animais captam a presença da fêmea, de inimigos ou das presas, sendo bastante desenvolvidos nos carnívoros a sua percepção - sendo, por isto, ditos osmáticos.Algumas espécies como as mariposas, possuem em suas antenas órgãos perceptores dos aromas, em especial dos feromônios das fêmeas.

    Pelo odor as flores atraem insetos a fim de possibilitar sua fecundação, bem como percepção similar possuem certos peixes para captar a presença de sangue na água, como os tubarões

    Hudson, 3° B,

    ResponderExcluir
  38. Os impulsos olfatórios viajam pelo nervo olfativo e chegam ao cérebro através do bulbo olfativo. Mas é no córtex olfatório que as informações odoríferas são interpretadas, identificando o cheiro entrou pelo nariz. As informações sensoriais são armazenadas pelo hipotecamo para serem lembradas e também são enviadas ao hipotálamo para a organização de funções vísceras (procurar alimento se for cheiro de comida ou apresentar náuseas (ânsia) e até vomito se for carniça). Assim como toda experiência sensorial, a percepção olfativa desperta experiências emocionais e comporta mentais.

    Tayane- nº33 3ºB

    ResponderExcluir
  39. As substancias se diferenciam em poucos fatores, o álcool que se "pode" consumir. ex: cerveja, whiskey e vodka, eles são menos letais, pois passam por um processo de destilação ou fermentação,mas faz mal do mesmo jeito, o álcool danifica o nosso sistema digestivo, deixa danos no celebro e impurezas no sangue e apesar de tudo isso ele ainda é liberado e vendido livremente por ai. Ja o álcool combustível ele tem uma concentração maior de substancias tóxicas, e se consumido ele trará mais prejuízo que o álcool consumivel, podendo levar a morte.
    Mas acho que os dois fazem mal e não devem ser consumidos, e quando forem devem ser consumidos com mais moderação e sempre estando ciente do mal que esta fazendo a si mesmo.
    =)

    Carla H. dos santos
    3° F n°: 04

    ResponderExcluir
  40. Ao terminar de ler o seguite assunto sobre alcool no cerebro, cheguei a seguinte conclusão.
    Quando nossos pais dissem que não devemos beber bebidas alcoolica, acho que eles não conhecem o verdadeiro significado disso; Eles sabem os efeitos que o alcool causa, porem não sabem o que de fato acontecem com o nosso corpo.
    Acho que se essa ideia fosse passada de uma certa forma para aqueles que bebem e vão dirigir, concerteza a taxa de acidentes iria diminuir muito.

    ResponderExcluir
  41. 1)Porque o álcool líquido entra em combustão com maior facilidade do que o álcool em gel?
    R= O álcool líquido é mais inflamável, entra em combustão mais rapidamente, além de se espalhar com facilidade em superfícies, pele e roupas – o que não ocorre com o gel que, por isso, em princípio, não provoca lesões tão graves".
    O alcool em gel não produz explosão pq é misturado tb com outras substancias'



    RuTe Naiara 3º 'A' N°40

    ResponderExcluir
  42. 5. Em que consistiu o trabalho de Pasteur?
    R= Consiste na descoberta do processo de pasteurização que reside basicamente no fato de se aquecer o alimento a determinada temperatura, e por determinado tempo, de forma a eliminar os microrganismos presentes no alimento. Posteriormente estes produtos são selados hermeticamente por questões de segurança, evitando assim uma nova contaminação.
    Conclusão- Esse processo é mt usado em td o mundo pois exportamos e importamos alimentos diariamente, e com esse processo os alimentos são conservados. Ex: leite


    Rute Naiara 3°'A' n°40

    ResponderExcluir
  43. 1. Pois as partículas do álcool líquido estão menos concentradas, facilitando sua evaporação.

    2. Endotérmico. Para ocorrer a combustão, é necessário a reação com o oxigênio, essa reação é endotérmica, absorvendo calor para a quebra das moléculas e exotérmica quando libera energia.

    4. Dióxido de cloro (esterilização), fenois (atividade antimicrobiana), glutaraldeído (desinfetantes), hipoclorito (bactericida, esporicida), iodóforos (desinfetante bactericida).

    Kathielly 3ºA nº19

    ResponderExcluir
  44. Letícia
    1- O Álcool em forma liquida é altamente explosivo.
    2- O Álcool em Gel devido a sua composição especial inibe as características de explosividade do álcool.

    1- Devido as suas características de alta volatilidade, o álcool líquido é facilmente inflamável.
    2- O Álcool em gel tem sua inflamabilidade inicial controlada, não permitindo o flash imediato quando entra em ponto de fulgor. Atua controladamente, evitando a queima dos dedos das pessoas que utilizam fósforos.
    1- Devido ao controle implementado pela Anvisa, o álcool liquido para efeito de queima (acima de 92º GL), somente pode ser fornecido em embalagens mínimas de 200 litros, i.e. para uso industrial.
    2- O álcool em gel para queima não é limitado por essa lei, nem apresenta os riscos durante movimentação, transporte e armazenamento como o álcool liquido.

    Letícia Gomes nº22. 3ºA

    ResponderExcluir
  45. O álcool possui propriededes microbicidas reconhecidamente eficazes para eliminar os germes mais frequentemente envolvidos nestas infecções,sendo imprescidível na realizacão de ações simples de prevenção como a anti-sepsia das mãos,a desinfecção do ambiente e de artigos médico-hospitalares.Além disto,é adquirido com baixo custo,possui fácil aplicalidade e toxidade reduzida.Apresenta uma reversão sobre as características anti-sépticas e desinfetantes do álcool,com suas aplicações e limitações na busca de redução na frequencia e na gravidade das infecções relacionadas á assistência á saúde.Como seria a sociedade sem o uso do ácool..

    ResponderExcluir
  46. O ETANOL E VISTO PELA SOCIEDADE COMO MATERIAL DE HIGIENE PARA LIMPAR MOVEIS FERIMENTOS E CLARO Q SE NAO SOUBER USAR CAUSA PROBLEMAS SERIOS SEMPRE LONGE DO FOGO E UM MATERIAL MUITO UTILIZADO TAMBEM COMO DESINFECTANTE DE LIMPEZA

    ResponderExcluir
  47. 13 ) O Alcool, pode causar transtornos, ao ingerirmos bebiba alcolica, estamos sujeitos a lapsos de memória, falar com a língua enrolada e demora para assimilar as coisas , isso tudo, porque o acool, tira todo o nosso sentido, quando entra em contato com o cérebro !

    Nº 5 , 3ºD

    ResponderExcluir
  48. 5. Em que consistiu o trabalho de Pasteur?

    Básicamente no processo de pasteurização que é usado em alimentos para destruir microrganismos patogênicos ali existentes.
    É simplesmente, um processo de aquecimento de determinado alimento à determinada temperatura por determinado tempo !

    Nº 5 , 3ºD

    ResponderExcluir
  49. 1. Porque o álcool líquido entra em combustão com maior facilidade do que o álcool em gel?

    Devido as suas características de alta volatilidade,o álcool líquido é facilmente inflamavel, já o álcool em gel, ele tem sua inflamabilidade inicial controlada, não permitindo o flash imediato quando entra em ponto de fulgor. Atua controladamente, evitando a queima dos dedos das pessoas que utilizam fósforos.

    Nº 5 , 3º D

    ResponderExcluir
  50. Ultilização do etanol nos dias atuais.

    É o mais comum dos álcoois e caracteriza-se por ser um composto orgânico, obtido através da fermentação de substâncias amiláceas ou açucaradas, como a sacarose existente no caldo-de-cana, e também mediante a processos sintéticos. É um líquido incolor, volátil, inflamável, solúvel em água, com cheiro e sabor característicos.Etanol (C2H5OH), também chamado de álcool etílico, é uma substância obtida da fermentação de açúcares, encontrado em bebidas como cerveja, vinho e aguardente, bem como na Indústria de perfumaria. No Brasil, tal substância é também muito utilizada como combustível de motores de explosão, constituindo assim um mercado em ascensão para um combustivel obtido de maneira renovável é o estabelecimento de uma indústria de química de base, sustentada na utilização de biomassa de origem agrícola e renovável.

    Carla H. dos Santos
    3° F n°: 04

    ResponderExcluir
  51. A maioria dos efeitos visíveis do etanol no organismo humano é pelo consumo de bebida alcoólica. Entre esses efeitos cita-se o andar trôpego, a fala enrolada e os lapsos de memória. As pessoas quando bebem têm problemas com o equilíbrio, coordenação e juízo, além de reagirem mais lentamente a estímulos, o que explica por que é tão perigoso beber antes de dirigir. Todos esses sinais físicos ocorrem devido à forma como o álcool afeta o cérebro e o sistema nervoso central.O consumo é perigoso para motoristas e também é para gestantes. O excesso de etanol no organismo pode causar doenças como esteatose hepática, hepatite alcoólica e cirrose.

    ResponderExcluir
  52. O olfato, assim como o paladar, é um sentido químico detectado por células sensoriais chamadas de quimioreceptores. Quando uma substância odorante estimula os quimioreceptores no nariz que detectam odores, eles transmitem impulsos elétricos para o cérebro.

    ResponderExcluir
  53. o setor de agronégocio no Brasil está bastante dinâmico nos ultimos anos,em especial em relação etanol, combustível que vem sendo considerado como a alternativa mais viável para substuição dos derivados do petróleo.Tem ocorrido uma concentração da empresas neste setor, bem como se acirrado ,a disputa por participação no mercado.

    ResponderExcluir
  54. 16- O Etanol (álcool etílico), como outros biocombustiveis é uma matéria, quase que totalmente, produzida e consumida em território nacional, sendo que apenas 10% da sua produção global é destinada ao mercado externo. Essa nacionalização do produto ocorre por consequência de alguns fatores, consistindo em altas tarifas impostas pelos países importadores, a falta de uma padronização internacional para assegurar a qualidade do produto e os auxilios concedidos em muitos países aos produtores de etanol.
    O Governo brasileiro tem realizado esforços diplomáticos para garantir melhores
    condições de acesso do etanol ao mercado internacional, a exemplo da sua proposta de
    inclusão deste produto como um bem ambiental nas negociações na OMC. Em maio de 2007,
    os Estados Unidos, União Européia e outros países industrializados apresentaram uma lista de bens ambientais, excluindo o etanol. O Brasil, que defende o etanol como bem ambiental,
    reagiu prontamente a esta proposta, reforçando a sua posição negociadora de que a
    liberalização do comércio de bens ambientais na OMC não deve se limitar aos produtos
    industrializados e que o Comitê de Comércio e Meio Ambiente deve focalizar os produtos
    ambientais onde os países em desenvolvimento são competitivos, como os biocombustíveis.
    Atualmente, assiste-se a um extenso debate sobre as vantagens e desvantagens da
    expansão da produção de etanol no Brasil. Enquanto de um lado os defensores deste
    agronegócio procuram apresentar uma imagem de “produção limpa de etanol”, isto é,
    ambiental e socialmente correta, a sociedade local e os trabalhadores que convivem com a
    produção de cana-de-açúcar acusam uma outra realidade, o que também é reforçado por
    pesquisas realizadas por especialistas vinculados a universidades. Nesta seção, confrontam-se essas visões em contrário sobre os impactos sócio-ambientais da produção de etanol no Brasil.

    Nirvana nº:29 3ºB

    ResponderExcluir
  55. Daniele Bernardes27 de maio de 2010 16:09

    Questão 5.
    Inventor do processo conhecido como pasteurização, o químico e biólogo francês Louis Pasteur realizou uma obra científica notável, que não só abriu novos caminhos aos estudos sobre a origem da vida como contribuiu de forma decisiva para a evolução da indústria. Entre 1857 e 1863, Pasteur interessou-se pelo estudo dos fermentos e descobriu que uma substância inativa torna-se ativa sob a influência de uma fermentação. Concluiu então que, se toda substância ativa provém da natureza viva, a fermentação é uma obra da vida. Analisou os processos de fermentação de diversas substâncias, entre elas o leite e o álcool, e constatou em definitivo que eram causados pela ação de microrganismos presentes no ar. Rejeitou, assim, a tradicional teoria da geração espontânea e concluiu que as substâncias não se alteram quando protegidas do contato com os microrganismos que impregnam o ar.Ao pesquisar as alterações do vinho e da cerveja, descobriu que o vinho se transforma em vinagre sob a ação do fermento Mycoderma aceti. Para evitar a degeneração, criou o processo chamado pasteurização, que consiste em aquecer o líquido a 55o C, temperatura letal para a maioria dos microrganismos encontrados mas na qual se mantêm as propriedades da bebida. O processo de pasteurização passou a ser usado na conservação de cerveja, leite e outras substâncias (com temperaturas variáveis segundo sua natureza), e tornou-se de importância fundamental para a indústria de alimentos e bebidas fermentadas.

    ResponderExcluir
  56. Daniele Bernardes27 de maio de 2010 16:19

    Olfato
    O principal órgão do sistema olfativo é o nariz. As células olfatórias (ou mucosa amarela) localizadas no topo da cavidade nasal captam as moléculas aromáticas dissolvidas no ar. Funciona da seguinte forma: ao inspirarmos, o ar entra pelo nariz e alcança as células olfatórias, que, estimuladas pelas moléculas aromáticas, enviam impulsos nervosos ao cérebro, onde são produzidas as sensações olfatórias. A sensibilidade das células olfativas é grande, de modo que poucas partículas são capazes de estimulá-las e produzir a sensação de odor. Quanto maior o estimulo, maior a intensidade da sensação de odor.
    3º C

    ResponderExcluir
  57. Daniele Bernardes27 de maio de 2010 16:30

    16. Defina o etanol quanto a aplicabilidade na sociedade atual.

    O etanol (CH3 CH2OH), também chamado álcool etílico e, na linguagem popular, simplesmente álcool, é uma substância orgânica obtida da fermentação de açúcares, hidratação do etileno ou redução a acetaldeído, encontrado em bebidas como cerveja, vinho e aguardente, bem como na indústria de perfumaria. No Brasil, tal substância é também muito utilizada como combustível de motores de explosão, constituindo assim um mercado em ascensão para um combustível obtido de maneira renovável e o estabelecimento de uma indústria de química de base, sustentada na utilização de biomassa de origem agrícola e renovável.O etanol é o mais comum dos álcoois. Os álcoois são compostos que têm grupos hidroxilo ligados a átomos de carbono sp3. Podem ser vistos como derivados orgânicos da água em que um dos hidrogênios foi substituído por um grupo orgânico.
    No Brasil os índios produziam o cauim, uma fermentação da mandioca cozida ou de sucos de frutas, mastigados e depois fervidos.As técnicas de produção do álcool, na Antiguidade apenas restritas à fermentação natural ou espontânea de alguns produtos vegetais, como açúcares, começaram a se expandir a partir da descoberta da destilação – procedimento que se deve aos árabes. Mais tarde, já no século XIX, fenômenos como a industrialização expandem ainda mais este mercado, que alcança um protagonismo definitivo, ao mesmo ritmo em que se vai desenvolvendo a sociedade de consumo no século XX. O seu uso é vasto: em bebidas alcoólicas, na indústria farmacêutica, como solvente químico, como combustível ou ainda com antídoto.
    * Anidro - o álcool anidro é bastante caracterizado pelo teor alcólico mínimo de 99,3° (INPM), sendo composto apenas de etanol ou álcool etílico. É utilizado como combustível para veículos (Gasolina C) e matéria prima na indústria de tintas, solventes e vernizes.
    * Hidratado - é uma mistura hidroalcólica com teor alcoólico mínimo de 92,6° (INPM), composto por álcool etílico ou etanol. O emprego de álcool hidratado é na indústria farmacêutica, alcoolquímica e de bebidas, combustível para veículos e produtos para limpeza. O etanol é também usado como matéria prima para a produção de vinagre e ácido acético, a síntese de cloral e iodofórmio.
    3º C nº8

    ResponderExcluir
  58. Letícia
    Etanol na sociedade atual
    O etanol, CH3CH2OH, é um dos principais álcoois que existem, sendo ele incolor, inflamável e de odor característico. Ele é miscível em água e em outros compostos orgânicos. Seu ponto de fusão é em -114,1°C e seu ponto de ebulição é em 78,5°C. O etanol ou álcool etílico pode ser obtido através da fermentação dos açúcares. Este é o método mais comum no Brasil, que utiliza a cana-de-açúcar para obter os açúcares que darão origem ao etanol. Este álcool é o que se encontra em todas as bebidas alcoólicas, assim como no álcool combustível e na gasolina, como um aditivo.
    Os preços do etanol já estão competitivos nos postos de combustíveis de 12 Estados brasileiros em relação à gasolina, de acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis. No Estado de São Paulo, que concentra mais de 50% do consumo de etanol, o combustível renovável apresenta a maior competitividade do Brasil, de acordo com os preços compilados pela ANP.
    A vantagem do etanol é calculada considerando que o poder calorífico do motor a álcool é de 70% do poder nos motores à gasolina. No cálculo, são utilizados valores médios coletados em postos em todos os estados e no Distrito Federal. Segundo o levantamento, em São Paulo, o preço do etanol está em 54,30% do preço da gasolina,até 70% o etanol é competitivo.
    O professor titular da Faculdade de Engenharia Agrícola da Unicamp, Luís Cortez, diz que o etanol de cana-de-açúcar produzido no Brasil pode substituir 5% ou mais da gasolina consumida em todo o mundo até 2025.

    Letícia Gomes nº22 3ºA

    ResponderExcluir
  59. O etanol(CH3 CH2OH),também chamado álcool etílico é uma substância orgânica obtida da fermentação de açúcares, hidratação do etileno ou redução a acetaldeído encontrado em bebidas como cerveja, vinho e aguardente, bem como na indústria de perfumaria.No Brasil,tal substância é também muito utilizada como combustível de motores de explosão, constituindo assim um mercado em ascensão para um combustível obtido de maneira renovável e o estabelecimento de uma indústria de química de base, sustentada na utilização de biomassa de origem agrícola e renovável.
    Tipos e usos
    Anidro - o álcool anidro é bastante caracterizado pelo teor alcólico mínimo de 99,3° (INPM), sendo composto apenas de etanol ou álcool etílico. É utilizado como combustível para veículos (Gasolina C) e matéria prima na indústria de tintas, solventes e vernizes.
    Hidratado - é uma mistura hidroalcólica com teor alcoólico mínimo de 92,6° (INPM), composto por álcool etílico ou etanol. O emprego de álcool hidratado é na indústria farmacêutica, alcoolquímica e de bebidas, combustível para veículos e produtos para limpeza. O etanol é também usado como matéria prima para a produção de vinagre e ácido acético, a síntese de cloral e iodofórmio.
    3ºA Nº:13

    ResponderExcluir
  60. resposta questao 8:
    A percepção dos cheiros tem importante papel na evolução das espécies:é através dos odores que muitos animais captam a presença da fêmea, de inimigos ou das presas, sendo bastante desenvolvidos nos carnívoros a sua percepção - sendo, por isto, ditos osmáticos.Algumas espécies como as mariposas, possuem em suas antenas órgãos perceptores dos aromas, em especial dos feromônios das fêmeas.
    Pelo odor as flores atraem insetos a fim de possibilitar sua fecundação, bem como percepção similar possuem certos peixes para captar a presença de sangue na água, como os tubarões.
    3ºA nº:13

    ResponderExcluir
  61. resposta questao 9:
    O olfato é um sentido químico detectado por células sensoriais.Ou seja,quando uma substância odorante estimula os quimioreceptores no nariz que detectam odores,eles transmitem impulsos elétricos para o cérebro.O cérebro então interpreta os padrões de atividade elétrica como odores específicos e a sensação olfativa torna-se percepção - algo que podemos reconhecer como um odor.
    3ºA nº:13

    ResponderExcluir
  62. resposta questao 10:
    A formula do alcool possui substancias que irritam o nariz.Causando uma sensaçao de desconforto,desagradavel á algumas pessoas.
    3ºA nº:13

    ResponderExcluir
  63. resposta questao 13:
    O uso descontrolado e exagerado da bebida alcoólica pode causar uma série de problemas.Ao atingir o cérebro, o álcool vai destruindo neurônios – sabemos que os neurônios são células que não se reproduzem, nem se recuperam. Por isso, o dependente alcoólico sofre perdas de memória e lentidão de raciocínio.
    Além de doenças diretamente relacionadas ao álcool, como problemas de fígado, alguns dos males ligados à bebida são tumores de boca, garganta, do cólon e do reto, de mama; depressão, derrames; além de acidentes de trânsito e violência, entre outros.
    3ºA nº:13

    ResponderExcluir
  64. Resposta questão 5 O trabalho de Pasteur não foi somente a soma de seus estudos e descobertas. Este trabalho representou uma revolução na metodologia científica. As principais características que marcaram o seu legado e ficaram de herança para a Ciência foram a liberdade de pensamento na utilização da imaginação e criatividade e a necessidade de uma experimentação rigorosa. Pasteur dizia que “Não prossiga em seus trabalhos se você não pode prová-los com a experimentação”.

    Michaella de Carvalho número 29 Terceiro A

    ResponderExcluir
  65. Resposta questão 9
    O olfato, assim como o paladar, é um sentido químico detectado por células sensoriais chamadas de quimioreceptores. Quando uma substância odorante estimula os quimioreceptores no nariz que detectam odores, eles transmitem impulsos elétricos para o cérebro. O cérebro então interpreta os padrões de atividade elétrica como odores específicos e a sensação olfativa torna-se percepção - algo que podemos reconhecer como um odor. O único sistema químico que consegue rapidamente identificar, interpretar e memorizar novas moléculas é o sistema imunológico.

    Michaella de Carvalho número 29 Terceiro A

    ResponderExcluir
  66. O Etanol na sociedade
    O etanol CH3 CH2OH , também chamado de álcool etílico, é um dos principais que existem,é uma substancia orgânica que se tem na fermentação de açucares ,ele é, incolor, de odor característico e inflamável é um álcool de um grupo de compostos químicos cujas moléculas contém um grupo hidroxila, -OH, ligado a um carbono. No Brasil ele também é utilizado de combustíveis de motores de explosão . O ponto de fusão do etanol sólido é de –114.1°C, e de ebulição é de 78.5°C. É menos denso é utilizado como fluído em termômetros, principalmente para temperaturas baixas, uma vez que o mercúrio congela a –40°C. O etanol é produzido desde da antiguidade pela fermentação dos açúcares. Todas as bebidas alcóolicas é mais da metade do etanol industrial ainda é feito por este processo. Anidro - o álcool anidro é bastante caracterizado pelo teor alcóolico mínimo de 99,3°, sendo composto apenas de etanol ou álcool etílico. É utilizado como combustível para veículos (Gasolina C) e matéria prima na indústria de tintas, solventes e vernizes.
    Hidratado - é uma mistura hidroalcoolica composto por álcool etílico ou etanol. O emprego de álcool hidratado é na indústria farmacêutica, alcoolquímica e de bebidas, combustível para veículos e produtos para limpeza. O etanol é também usado como matéria prima para a produção de vinagre e ácido acético, a síntese de cloral e iodofórmio. Segundo o levantamento, em São Paulo, o preço do etanol está em 54,30% do preço da gasolina,até 70% o etanol é competitivo.
    Os álcoois que são compostos têm grupos hidroxilo ligados a átomos de carbono sp3, podem ser vistos como derivados orgânicos da água em que um dos hidrogênios foi substituído por um grupo orgânico.
    Francisca Sorrane nº10 3ºB

    ResponderExcluir
  67. O Etanol na sociedade
    O etanol CH3 CH2OH , também chamado de álcool etílico, é um dos principais que existem,é uma substancia orgânica que se tem na fermentação de açucares ,ele é, incolor, de odor característico e inflamável é um álcool de um grupo de compostos químicos cujas moléculas contém um grupo hidroxila, -OH, ligado a um carbono. No Brasil ele também é utilizado de combustíveis de motores de explosão . O ponto de fusão do etanol sólido é de –114.1°C, e de ebulição é de 78.5°C. É menos denso é utilizado como fluído em termômetros, principalmente para temperaturas baixas, uma vez que o mercúrio congela a –40°C. O etanol é produzido desde da antiguidade pela fermentação dos açúcares. Todas as bebidas alcóolicas é mais da metade do etanol industrial ainda é feito por este processo. Anidro - o álcool anidro é bastante caracterizado pelo teor alcóolico mínimo de 99,3°, sendo composto apenas de etanol ou álcool etílico. É utilizado como combustível para veículos (Gasolina C) e matéria prima na indústria de tintas, solventes e vernizes.
    Hidratado - é uma mistura hidroalcoolica composto por álcool etílico ou etanol. O emprego de álcool hidratado é na indústria farmacêutica, alcoolquímica e de bebidas, combustível para veículos e produtos para limpeza. O etanol é também usado como matéria prima para a produção de vinagre e ácido acético, a síntese de cloral e iodofórmio. Segundo o levantamento, em São Paulo, o preço do etanol está em 54,30% do preço da gasolina,até 70% o etanol é competitivo.
    Os álcoois que são compostos têm grupos hidroxilo ligados a átomos de carbono sp3, podem ser vistos como derivados orgânicos da água em que um dos hidrogênios foi substituído por um grupo orgânico.
    Francisca Sorrane nº10 3ºB

    ResponderExcluir